Podcast DNA Evidência: segundo episódio explora o uso de evidências por governos

Podcast DNA Evidência: segundo episódio explora o uso de evidências por governos

O segundo episódio do podcast DNA Evidência aborda o uso de evidências por governos e a gestão pública informada por evidências. Os convidados desta edição são Ricardo Paes de Barros, professor do Insper, um dos maiores estudiosos sobre pobreza e desigualdade do Brasil e um dos responsáveis pelo desenho do programa Bolsa Família, e Lycia Lima, professora da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EESP) e vice-diretora do FGV EESP Clear.

A conversa entre Ricardo Paes de Barros, Lycia Lima e Luciano Máximo, coordenador de Difusão de Evidências e Conhecimentos do FGV EESP Clear, abordou o significado de evidências, diferenças entre gestão pública informada por evidências e baseada em evidências, além das vantagens do uso de evidências na gestão de políticas públicas e como gestores públicos podem aproveitar melhor os dados existentes.

A secretária adjunta estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, Christinne Maymone, explica como o estado gerou evidências e as utilizou na estratégia de combate à pandemia de Covid-19. Camila Soares, pesquisadora do FGV EESP Clear, fechou o programa com o quadro “Bê-á-bá do Monitoramento e Avaliação”, explicando o que significa o conceito de ciclo da política pública.

Ouça o episódio completo:

Comentários (1)

  • Lindberg Clemente de Morais:

    Minha gratidão pela objetividade e riqueza de informações sobre Evidencias. Uma ferramenta exitosa na partilha dos saberes necessários ao fazer Política.
    Fraterno abraço.

     •  Responder